Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009
Douro Vinhateiro em Video


 

No VIII encontro da CampingCar Portugal - sentidos do Douro- que decorreu de 2 a 5 de Outubro nas localidades de Lamego, Peso da Régua e Murça, um dos dias foi dedicado à subido do Douro por Comboio até ao Pocinho e a descida por barco, ora num ou noutro meio de transporte conseguiu-se registar bons momentos da belissima e monumental paisagem natural ou construida.


 

De seguida o video feito com algumas dessas fotografias


 

http://www.campingcarportugal.com/


 



 

 



publicado por aviajar às 00:02
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 13 de Outubro de 2009
Alto Douro Vinhateiro

Post sobre Património Mundial
A Região Vinhateira do Alto Douro ou Alto Douro Vinhateiro é uma área do nordeste de Portugal com mais de 26 mil hectares, classificada pela UNESCO, em 14 de Dezembro de 2001, como Património da Humanidade, na categoria de paisagem cultural e rodeada de montanhas que lhe dão características museológicas e climáticas particulares
Esta região, que é banhada pelo
Rio Douro e faz parte do chamado Douro Vinhateiro, produz vinho há mais de 2000 anos, entre os quais, o mundialmente célebre vinho do Porto
.
A longa tradição de viticultura produziu uma paisagem cultural de beleza excepcional que reflecte a sua evolução tecnológica, social e económica.



A área classificada engloba 13 concelhos: Mesão Frio, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Alijó, Sabrosa, Carrazeda de Ansiães, Torre de Moncorvo, Lamego, Armamar, Tabuaço, S. João da Pesqueira e Vila Nova de Foz Côa, e representa dez por cento da Região Demarcada do Douro.






in: Wikipédia.org


publicado por aviajar às 01:01
link do post | comentar | favorito

Sábado, 29 de Agosto de 2009
Trier (revisitada) a cidade mais antiga da Alemanha - 5ª parte e última - Catedral de São Pedro e Igreja de Nossa Senhora




Post sobre Património Mundial



A Catedral de São Pedro e a Igreja de Nossa Senhora (em alemão Dom St. Peter e Liebfrauenkirche respectivamente) são o conjunto de edificios Românicos que fazem parte do Património Mundial da cidade de Trier.


A Catedral incorpora restos de uma antiga igreja do século IV. Trata-se da mais antiga igreja da Alemanha, erguida em diversas etapas, o começo foi no século XI prolongando-se até meados do século XIV. Tem a forma de basílica com nave tripla, dois coros, transepto e seis torres. A igreja de Nossa Senhora contigua à catedral, foi costruida entre 1235 e 1260. Esta igreja juntamente com a catedral de Magdeburg é um dos primeiros exemplo da arquitectura gótica alemã.




publicado por aviajar às 00:05
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009
Trier (revisitada) a cidade mais antiga da Alemanha - 4ª parte - Aula Palatina



Post sobre Património Mundial

O Aula Palatina, também conhecido por Basilika Konstantin, foi costruido em 310, esta construção de tijolos de forma alongada e e rectangular mede 67 m comprimento com 27,5 m de largura e 30 de altura e exibe uma grande abside semicircular, que abrigava o trono do imperador Romano até à destruição da cidade por tribos germânicas.


No século 12 a abside foi transformada em torre para acomodar a arcebispo de Trier.

No século 17, o Aula Palatina, foi integrada no palácio Imperrial ( Residenz), e a sua parede leste foi parcialmente demolida.

Durante o período napoliónico e do período Prússiano o salão serviu de alojamento militar. O rei Frederico Guilherme IV da Prússia ordenou a reconstrução do Aula Palatina que desde 1856 abriga a igreja luterana de São Salvador.

Após o bombardeamento de 1944, foi totalmente reconstruida.







publicado por aviajar às 00:05
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009
Trier (revisitada)a mais antiga cidade da Alemanha - 3ª parte - Termas Imperiais


Post Sobre Património Mundial


As Termas Imperiais (em alemão Kaiserthermen), foram construidas no início do século IV, durante o reinado de Constantino,eram o terceiro maior complexo de termas do mundo romano.
As ruinas das paredes e fundações ainda exibem o desenho original.
As paredes do Caldarium ( a sala com piscina de àgua quente) são as mais preservadas. Depois vem o Tepidarium, as termas mornas.
O espaço Frigidarium era usado para banhos frios e a Palaestra, uma área externa ampla para os exercícios. Outra zona é o sistema de aquecimento Hypocaustum, o ar era aquecido por fornalhas e conduzido por baixo do piso.

in:http://pt.wikipedia.org/wiki/trier






publicado por aviajar às 00:05
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009
Trier (revisitada) a mais antiga cidade da Alemanha - 2 ª parte - Porta Nigra




Post sobre Património Mundial

A porta da Cidade de Trier, batizada de Porta Nigra na Idade Média por causa das pedras escurecidas pelo tempo, data do século III.
Esta Porta impressiona pelo seu tamanho: 36 metros comprimento,21,5 metros largura e 30 metros de Altura.Duas passagens levam a um pátio interior, com duas fileiras de galerias de defesa.
Toda a estrutura é feita de blocos de granito, presos por barras de ferro, sem cimento.
in: http://pt.wikipedia.org




publicado por aviajar às 17:46
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009
Trier (a cidade mais antiga da Alemanha)


Post sobre Património Mundial A historia de Trier tem inicio no século XVI AC, quando os romanos a chamavam por Augusta Treverorum.

Os imperadores romanos, os bispos eleitores e cidadãos proeminentes, deixaram as suas marcas na cidade com tesouros artísticos na arquitectura dos seus monumentos.
O mais conhecido é a Porta Nigra,o sólido portão da cidade.
Este monumento data do século III,foi baptizado na Idade Média por Porta Nigra por causa das pedras escurecidas pelo tempo.É uma estrutura de grandes blocos de granito presos por barras de ferro e cimento..
No século XII, a construção foi transformada na igreja de S. Simeão, função que manteve até ao início do século XIX.


publicado por aviajar às 02:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Dezembro de 2008
Castelo de Kronborg no reino da Dinamarca
Post sobre Património Mundial
O castelo de Kronborg está situado na cidade de Helsingor, no ponto mais apertado de Oresund, o estreito entre a Dinamarca e a Suécia. Esta zona tem quatro quilômetros de largura, daí a importância estratégica de manter um Forte nesta posição.
O castelo é um dos mais importantes do Renascimento no norte da Europa e foi colocado na Lista de Património Mundial da UNESCO em 2000.
A história do castelo começa por um Forte, Krogen, construído em 1420 pelo rei dinamarquês Eric da Pomerânia. O rei insistia ao pagamento de uma portagem a todos os navios que desejassem entrar ou sair do Báltico.
Para reforçar as suas demandas, construiu um poderoso forte para controlar o estreito do Categate. Kronborg adquiriu o nome actual, em 1585 quando foi reconstruído pelo rei Frederico II num castelo magnífico do Renascimento, único pela aparência e tamanho na Europa.
Em 1629, um momento de descuido de dois trabalhadores fez com que grande parte do castelo fosse incendiada. Somente a capela foi poupada, miraculosamente, pela força de seus arcos. O rei Cristiano IV da Dinamarca fez grandes esforços em restaurar o castelo e por volta de 1639 o exterior era outra vez magnífico, mas o interior nunca mais retomou sua glória original.

A conquista sueca de Kronborg em 1658, por Carl Gustaf Wrangel, demonstrou que o castelo estava longe de ser impenetrável.
De 1688 à 1690, uma linha de defesa avançada, chamada Crownwork, foi adicionada.
Pouco depois, uma nova série de muralhas foi construída em torno dela. Após a sua conclusão, Kronborg foi considerado o mais seguro forte em toda a Europa.
De 1739 até meados do século XIX, Kronborg foi usado como uma prisão para escravos condenados do sexo masculino que tinham sido punidos ao trabalho nas fortificações do castelo.
A importância de Kronborg enquanto castelo real diminuiu.
De 1785 a 1922, o castelo ficou sob a administração militar. Durante este período, inúmeras renovações foram terminadas.
Kronborg é também conhecido por muitos como "Helsingor," o palco para muitas representações de Hamlet, tragédia de William Shakespeare.
Hamlet foi representado no castelo pela primeira vez para assinalar o 200° aniversário da morte de Shakespeare, em que o elenco,na sua maioria, constituido de soldados da guarnição do castelo.
A peça foi representada diversas vezes no pátio e em vários locais da fortificação.
Kronborg abriga uma estátua de Ogier o Dinamarquês (Holger Danske), que, de acordo com a lenda, descansa aí até o dia em que a Dinamarca se encontrar em grande perigo, nessa altura irá levantar-se e salvar a nação.


publicado por aviajar às 18:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008
''Geirangerfjord '' Um dos fiordes da Noruega
Post sobre Património Mundial
O fiorde é um vale formado pela erosão das montanhas com a acção do gelo glaciar e as àguas do mar, de modo a formar enseadas de paredes ingremes.


Os fiordes foram formados por uma sucessão de eras glaciares, que movimentaram imensas placas de gelo glaciar com o rumo ao mar,como se fossem grandes rios congelados.A sua origem remonta a 12.000 anos.


Os fiordes situam-se principalmente na costa oeste da penisula escandinava, onde são os elementos geológicoss mais salientes da paisagem.


O Geirangerfjord está localizado no condado de More og Romsdal no norte da Noruega, sobre a costa noroeste.


Tem 15 quilómetros de extensão e está incluído como Património Mundial da UNESCO. Um dos mais visitadas fiordes da Noruega. As actividades mais populares neste fiorde são a pesca, canoagem, rafting, circuitos de cavalo e esqui . Ou então experimente um cruzeiro no fiorde.


Na visita de cruzeiro é-nos contado a estória sobre as cascatas. Assim temos:


As duas cascatas mais notáveis no Geirangerfjord são "As Irmãs" que tem "Um Pretendente".


"As Irmãs" num lado do fiorde e "o Pretendente" no outro ,diz-se que está a tentar namorar "As Irmãs" no lado oposto.


"O Véu das Noivas" é uma cascata que assim se chama, porque cai delicadamente sobre a rocha e quando está iluminado pelo sol, tem a aprarência de um fino véu sobre a rocha.




Há também outros fiordes;





  1. Hardangerfjorden está situada no condado de Hordaland , na costa oeste da Noruega.tem 179 km de comprimento. É o segundo maior fiorde da Noruega e o terceiro maior do mundo. Na sua parte mais profunda tem cerca 800 metros de profundidade.


  2. Sognefjord está localizado no condado de Hordaland, na Região Hardanger, na costa oeste da Noruega, é o mais longo fiorde da Noruega e o segundo maior no mundo.


  3. Naeroyfjord é um braço doSognefjord, e fica localizado no condado de Hordaland, na Região Hardanger, na costa oeste da Noruega. tem 17 quilómetros de comprimento,cercado com montanhas de cerca 1700 metros . O Naeroyfjord e os seus arredores está na Lista do Património Mundial da UNESCO.


  4. O Nordfjord está localizada no condado de Sogn & Fjordane , sobre a costa noroeste, entre os Geirangerfjord e os Sognefjord, mede 110 quilómetros de extensão, a partir dos glaciares até ao oceano.


  5. O Lysefjord está localizada no condado de Rogaland, no sul da Noruega, na costa oeste. com 40 quilómetros de comprimento e 422 metros de profundidade, na zona mais profunda.


publicado por aviajar às 02:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008
Kinderdijk Património Histórico-Cultural da Humanidade
Post sobre património mundial
Quando se pensa na Holanda, algumas imagens vêm à mente:
é a terra das tulipas, a terra das bicicletas e ciclovias , mas entre todas é a terra dos moinhos.



Por se encontrar abaixo do nível do mar, a luta contra a água tem acompanhado a história da Holanda (também conhecido por Países Baixos) como um fio condutor.
Quase um quarto da Holanda, uma área que abriga cerca de sessenta por cento da população, está abaixo do nível do mar. Grandes extensões do território foram conquistadas a zonas onde, antigamente, só existia água.


Além disso, ao longo dos anos, foram realizadas importantes obras hidráulicas, para controlar a gestão hídrica da Holanda


Neste propósito diz-se o seguinte


«Deus criou o Mundo, e o holandés a Holanda»

Kinderdijk é o maior conjunto de moinhos existente na Holanda. São 19 moinhos construídos nas primeiras décadas do século XVIII.
Em 1997, a Unesco classifica o lugar, tornando-o Património Histórico-Cultural da Humanidade. Os moinhos eram usados, nesta região, para retirar água da chuva que alagava a terra. Funcionava como uma bomba de água que levava o excesso para o rio principal, drenando assim o terreno.
Em 1953, foram desactivados e hoje são uma atracção turística. O conjunto de moinhos de Kinderdijk pode ser apreciado durante uma caminhada tranquila ou por um passeio de bicicleta ou um passeio de barco, num serviço de aluguer existente no local.
Algumas famílias vivem dentro dos moinhos e têm no quintal a criação de alguns animais e uma pequena plantação. Durante o verão, um dos moinhos fica aberto para visita.


Os moinhos de vento foram bastante importantes no desenvolvimento económico da Holanda.
Os
moinhos também eram usados para moer grãos e na produção industrial de óleo. Na Holanda foram desenvolvidos moinhos especiais para serrar madeira que eram usados na indústria náutica.



O primeiro moinho foi construído em 1407, próximo à cidade de Alkmaar.


Foram justamente esses moinhos dos pôlders (terras conquistadas ao mar) , que foram surgindo em grandes números pelo interior do país, que compuseram a paisagem mais característica da Holanda, dando-lhe até o apelido de "o país dos moinhos de vento". Mas, com o aparecimento no século XIX de dois moinhos à vapor e maquinarias próprios, a maior parte dos moinhos foi perdendo a sua função, terminando assim a importância que tinham até este momento.


Actualmente, existem ainda cerca de 1050 moinhos de ventos e 100 moinhos de água na Holanda. Dos primeiros, 400 são moinhos situados em pôlders. Os outros, são para moer grãos, serrar madeira.


publicado por aviajar às 09:03
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Douro Vinhateiro em Video

Alto Douro Vinhateiro

Trier (revisitada) a cida...

Trier (revisitada) a cida...

Trier (revisitada)a mais ...

Trier (revisitada) a mais...

Trier (a cidade mais anti...

Castelo de Kronborg no re...

''Geirangerfjord '' Um d...

Kinderdijk Património Hi...

arquivos

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds