Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009
Museu Grèvin em Paris
Com cerca de 300 figuras de cêra, o museu Grévin em Paris é um dos locais, quase obrigatório, para todos os turistas.
Neste lugar são visitados diariamente modelos de diversos personagens e figuras da política, das artes, do desporto, enfim, quase todas as actividades estão representadas e em diversas épocas.

A criação do museu Grévin deve-se ao jornalista Arthur Meyer que queria apresentar aos seus leitores contemporâneos as personalidades de uma forma tridimensional, que propôs a Alfred Grèvin desenhador humorista , figurinista de teatro e escultor, a criação de um local onde o publico pudesse ver cara a cara as personalidades que estavam nas noticias.
O museu foi criado a 5 de Junho de 1892, com um enorme êxito.

Em 1893, Gabriel Thomas, um dos accionistas da Sociedade de Exploração da Torre Eiffel e do Teatro dos Champs Elysées, dá um suporte económico, que permite um maior desenvolvimento, na melhoria dos cenários, que actualmente são um precioso património, como o Teatro Grévin, reproduções diversos monumentos históricos e do Palais des Mirages desde a Exposição Universal de 1900 de Paris.
Este museu com mais de um século, continua a oferecer momentos de fantasia, com as suas figuras de cêra.


tags:

publicado por aviajar às 01:05
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008
O EUROTÚNEL, TÚNEL DA MANCHA
Quando decidimos visitar a Grâ-Bretanha (2001) e a Irlanda (2006), tivemos que utilizar o Eurotùnel para a travessia do canal da Mancha, hoje vamos percorrer a história e alguns dados curiosos desta obra importantissima.



O Eurotúnel, Túnel da Mancha, é um túnel ferroviário submarino que liga a França à Inglaterra. A sua construção foi bastante demorada e o início das obras sofreu alguns adiamentos até a sua efectiva inauguração em 1994.
Um pouco de história
Em 1802, o engenheiro francês Matthieu Favier fez uma proposta para a construção de um túnel: os passageiros atravessariam o túnel em carruagens puxadas por cavalos; o caminho seria iluminado por lanternas de óleo e uma ilha a meio do túnel forneceria ar fresco para os cavalos. O custo, mesmo nessa altura, seria de um milhão de libras.


Em 1875, Peter Barlow, construtor do primeiro caminho de ferro subterrâneo, sugeriu que se colocasse um tubo de aço gigantesco flutuando sobre o canal. A ideia foi rejeitada.

Em 1876 são levados a cabo extensos estudos geológicos.

Em 1880 a companhia ‘’South Eastern Railway’’ faz perfurações experimentais do lado inglês.

Em 1881 uma máquina de perfurações ‘’Beaumont’’ escava um túnel de 820 metros ao longo dos penhascos do lado inglês.

Em 1922 começam novamente escavações do lado inglês, mas após estarem feitos 128 metros de túnel, foram lançadas objecções políticas e as obras pararam mais uma vez.

Foi só após o fim da Segunda Guerra Mundial que os técnicos acreditaram que o conhecimento tecnológico existente era o suficiente para a construção do túnel e começaram a dar-lhe a devida atenção.

A Construção

A escavação do túnel demorou seis anos e empregou 13 000 trabalhadores, sendo as operações conduzidas simultaneamente dos dois lados. O empreiteiro principal foi a TransManche Link, um consórcio que englobava 10 empresas e 5 bancos de ambos os países. Foram usadas grandes máquinas, tunnel boring machine (TBM). Estas máquinas eram autênticas fábricas móveis que abriam o túnel, retiravam a terra e escoravam as paredes com cimento. Quase 4 milhões de metros cúbicos de cal foram escavados só do lado inglês; a maior parte foi deitada ao mar em Shakespeare Cliff, perto de Folkestone tendo com isso, roubado ao mar cerca de 360 000 m².

O Túnel da Mancha é constituído por 3 túneis paralelos, dois principais ferroviários e um menor, de acesso. Este túnel de acesso, que é servido por veículos pequenos, é ligado ao outros através de passagens transversais em intervalos regulares para permitir que os trabalhadores da manutenção tenham acesso aos túneis principais e para fornecer uma saída de emergência em caso de acidente.
Os passageiros e os veículos automóveis (ligeiros e pesados) são transportados por um serviço de comboios geridos pela companhia Eurotúnel O trajecto dura apenas 35 minutos

Dados Curiosos

</span>
Data da construção: 1994
Altura: 7,6
metros
</span>Comprimento: 50,45 quilómetros
Profundidade: entre 40 a 75 metros abaixo do solo do mar.
Número de trabalhadores: 13.000
Tempo de construção: 6 anos
Material de construção: cimento armado e aço
Número de janelas: nenhuma
Volume de terras removidas: 4 milhões de metros cúbicos, só no lado inglês

tags:

publicado por aviajar às 00:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008
PARIS - Medley em Fotos

ARCO DO TRIUNFO FOTO POR BAIXO.

O ARCO DO TRIUNFO COM O SOL A PÔR-SE.


CHAMPS-ÉLYSÉES
E ARCO DO TRIUNFO EM HORIZONTE.

UM HOTEL DOS MUITOS DE PARIS.

TORRE EIFFEL,
COM AS 12 ESTRELAS DA EUPOPA.

NOTRE DAMME
FOTO DE UM BATEAUX MOUCHES,

A TORRE FOTOGRAFADA POR BAIXO.


TORRE MONTPARNASSE,
FOTO DO 2º PISO DA TORRE EIFFEL.


TROCADERO VISTO DA TORRE EIFFEL.


MAIS UMA PANORÂMICA DA TORRE.


A PONTE ALEXANDRE III,
UMA DAS PONTES MAIS FOTOGRAFADAS DE PARIS


MUSEU D'ORSAY

A PIRÃMIDE,
UMA DAS ENTRADAS PARA O MUSEU DO LOUVRE.

JARDIN DES TULERIES
E A RODA PANORÂMICA.

A ÓPERA.

tags:

publicado por aviajar às 07:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 17 de Outubro de 2008
Sarlat-la-Canéda uma viagem no tempo.

Sarlat-la-Canéda é uma cidade francesa na região administrativa da Aquitânia e no departamento Dordonha.
Estende-se por uma área de 47,19 km², com 9.909 habitantes, segundo os censos de 1999.


Sarlat-la-Canéda possui a maior concentração de fachadas medievais, renacentistas e do século XVII em França.
A sua prosperidade foi reflexo do estatuto previligiado que a coroa francesa lhe concedeu pela sua lealdade na Guerra dos Cem Anos.
Por trás da rue de la République há vielas , estreitas arcadas e casas antigas de pedra pintada a ocre, ricas em pormenores decorativos.


Protegidos pela lei desde 1962, os edificios de Sarlat são hoje um autêntico museu ao ar livre.




Lanterne des morts, esta torre cónica,no cemitério, foi contruida para comemorar os sermões de S.Bernardo em Sarlat em Agosto de 1147.









tags:

publicado por aviajar às 14:22
link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Setembro de 2008
ROCAMADOUR Rochedo de peregrinação
Depois da descoberta em 1166, de uma sepultura com um corpo intacto, que diziam ser do eremita S. Amadour e após de se terem desencadeados vários milagres, segundo consta no sino da capela de Notre-Dame, sobre a Virgem Negra e o Menino, Rocamadour tornou-se um dos mais famosos centro de peregrinação de França.



Está situada num planalto rochoso sobre o vale de Alzou.
Apesar da cidade ter sofrido com o declínio das peregrinações nos séculos XVII e XVIII, foi profundamente restaurada no século XIX.

O túmulo de S. Amadour, foi onde esteve em tempos, sepultado o corpo do eremita.
Também chamado por Roc Amadour (amante das rochas) esteve na origem do nome da cidade.

Nesta escadaria os peregrinos costumam subi-la de joelhos, no nível superior, a escadaria faz ligação a uma praça, na qual estão as principais capelas.


Uma das boas perspectivas de Rocamadour é conseguida na Aldeia de l’Hospitalet.

tags:

publicado por aviajar às 23:47
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008
ROCHEMENIER - Aldeia Troglodita
Situada perto de Louresse, a 6 Km de Doué-la-Fontaine (Samur), está o museu natural da Aldeia Troglodita de Rochemenier .
São duas quintas antigas, que nos transportam para uma época, não muito distante, 1º quartel do século XX.
Ao longo das 20 salas , com a extensão de um hectare, que foram esculpidas na rocha, é possivel visitar salas mobilidas à época, celeiros, estábulos, uma adega e uma capela subterrânea.



Ao longo da visita passamos por centenas ferramentas e utensilios do campo e de casa.



Este museu está aberto ao público desde 1967, tendo esta Aldeia tido habitantes práticamente até essa data.













tags:

publicado por aviajar às 17:03
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Junho de 2008
VENICE VERT - Viagens em tons de verde
Hoje vamos envolver-nos pela magia da paisagem, desde Bocage a sud de Vendée, cruzando caminhos de terra e "caminhos" de àgua, este é um local muito rico e variado. Podemos fazê-lo em barco, de bicicleta ou a pé. Pode-se encontrar em seu redor,aldeias com abadias, igrejas românicas, moinhos e vestigios de uma actividade mineira de outrora.




Vendée, Sèvre, Autise são os três rios que desaguam para le Marais Poitevin , onde quase não de percebe onde é a àgua e as margens do Marais.



A sul do departamento de Vendée, e limitado pelo oceano Atlântico é onde se localiza este pequeno paraiso "le Marais Poitevin".

Neste pedaço de França, ao percorrer as margens , e vislumbrar o tapete de lentilhas, temos um óptimo ambiente de comunhão com a natureza, que nos incita à meditação .

tags:

publicado por aviajar às 16:18
link do post | comentar | favorito

Sábado, 5 de Janeiro de 2008
A Grande Duna du Pyla
A maior duna da Europa,localiza-se a 60 Km de Bordéus, no sul da Baía de Arcachon, e como se pode ver na foto é possivel visitá-la.

Esta duna tem 107 metros de altura.
No seu alto , o contacto com a paisagem é grandioso.
Tem-se a visão de costa oceanica , da entrada para a Baía de Arcachon, da floresta Landaise , nos dias com o céu limpo consegue-se avistar os Pirinéus.
Esta grande duna é constituida por uma areia fina. que os mais novos e menos novos se deliciam a descer (escorregar).
Se quizer aprofundar o conhecimento desta fenónemo da natureza,poderá fazê-lo em www.dune-pyla.com está em francês e tem uma versão em inglês.




tags:

publicado por aviajar às 00:50
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007
BERGERAC
A primeira imagem que vem à memória quando se cita Bergerac , é a do personagem Cyrano de Bergerac ( interpretado por Gerard Depardieu) , da peça de teatro de Edmond Rostand, inspirado num personalidade real, (o escritor Savinien de Cyrano de Bergerac.
No entanto, Bergerac é uma cidade francesa,do departamento de Dordogne, na Região de Aquitaine.Tem cerca de 28.000 habitantes, o centro da cidade é rica em património monumental, que propõe uma diversidade cultural , através dos museus do "vinho e da tanoaria", como o museu do "tabaco" unico na europa. Tem uma vida cultural e social muito diversificada.
O rio Dordogne é o motor de desenvolvimento e lazer da região. Na margem do Dordogne, o municipio criou uma area de Serviço para Autocaravanas, que é gratuita e dá permissão de pernoitar/estacionar até 48 horas.

tags:

publicado por aviajar às 15:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 4 de Setembro de 2007
A Catedral de Rouen
A duas torres desta catedral , como se pode ver, não são simétricas, (um pormenor interessante), foi recontruida após a 2ª Guerra Mundial, depois de ter sido bombardeado pelas tropas alemãs.

A Catedral está no cidade Francesa de Rouen, a norte de Paris.


A bandeira francesa, está como testemunho do bombardeamento, ela estava içada na catedral e ficou esboracada, rota e rasgada.

tags:

publicado por aviajar às 00:31
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Museu Grèvin em Paris

O EUROTÚNEL, TÚNEL DA MAN...

PARIS - Medley em Fotos

Sarlat-la-Canéda uma via...

ROCAMADOUR Rochedo de ...

ROCHEMENIER - Aldeia Trog...

VENICE VERT - Viagens em ...

A Grande Duna du Pyla

BERGERAC

A Catedral de Rouen

arquivos

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds