Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008
Réveillon
Réveillon é a celebração da véspera de Ano Novo, que se refere ao dia 31 de Dezembro, nos países que seguem o calendário gregoriano.

Na cultura ocidental, faz-se uma ceia no dia da véspera, para se aguardar o ano que chega; e à meia-noite da passagem de 31 de Dezembro para 1 de Janeiro, faz-se uma queima de fogos de artifício, comem-se 12 passas de uva e pede-se um desejo por cada passa e bebe-se champanhe.


Estivemos em Paris na passagem do ano de 2004-2005 ,
mas não nos ficamos só nos Champs Elysée,
visitamos

o Museu D'Orsay,

Centro George Pompidou,


Géode,

Museu Grevin,

Basilica Sacre Coeur,

Defense.


Feliz Ano Novo
Frohes Neues Jahr
Godt Nytår
Feliz Año Nuevo
Bonne Année
Shaná Tová
Happy New Year
Felice Anno Nuovo


publicado por aviajar às 11:52
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2008
O Menino Nasceu ( Alte Pinakothek )
NATAL
Do latim 'natális',
derivado do verbo
'nascor, nascéris, natus sum, nasci',
significa nascer.
Quadro exposto no Alte PinaKothek



O Alte Pinakothek é um dos mais importantes museus da Alemanha.
Situado em Munique, abriu pela primeira vez as portas ao público no ano de 1836.
O museu mostra-nos as suas colecções de arte antiga desde o século XVIII até meados do século XIX, que focam especialmente a Baixa Renascença italiana, a pintura antiga alemã e holandesa, a pintura espanhola do Siglo de Oro e as pinturas da Flandres, na sua maioria, também do Siglo de Oro.

Leonardo da Vinci (1452 - 1519) - A Virgem e a criança


publicado por aviajar às 00:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2008
Dublin Medley de Fotos

Trinity College Dublin, onde se encontra o livro mais valioso da Irlanda «Book of Kelly»

Estátua de Molly Malone, um dos pontos mais turisticos de Dublin

O Bewleys's Café, o café mais antigo e conhecido da cidade


Castelo de Dublin de origem normando e situado no sudueste da muralha medieval, o castelo de Dublin,
contém edificios construidos entre os séculos XVII e XX.

Monumento que os irlandeses chamam de Spire.




A Mundialmente conhecida Guiness e a sua Storehouse.

Um dos muitos Pubs, onde se bebe a cerveja Guiness


tags:

publicado por aviajar às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008
Powerscourt Garden
Powerscourt é uma das mais belas quintas da Irlanda.
Situada nas montanhas de Wicklow, originalmente era um local estratégico dos anglo-normandos, que vieram para a Irlanda, no século XII.
Até 1300 tinha sido um castelo na posse da le Poer (Power) cuja família lhe deram o nome.
Os séculos sucederam-se e passaram neste local famílias poderosas, como os O'Tooles, os Fitzgeralds e os Earls de Kildare. Powerscourt (castelo e terras) foi entregue ao Inglês Richard Wingfield. Que teve uma carreira militar de sucesso na Irlanda, na Flandres, na França e em Portugal,
Em 1600 foi nomeado pela corte inglesa, «Marshal of Irland». Os seus descendentes permaneceram no Powerscourt mais de 350 anos. No século XVII o castelo e a zona envolvente foram totalmente remodelados pelo arquitecto alemão, Richard Castle, como encomenda de Richard Wingfield.
Quando a casa foi reconstruída em 1731, os motivos foram dispostos em torno de uma série de passeios e parques para o Norte, jardins e terraços para o sul. No norte as árvores, a partir da casa, formam uma moldura no horizonte. enquanto a sul um jardim composto por lagos com peixes, cascatas, grutas e diversas varandas.
Um século depois o visconde Powerscourt encarregou o arquitecto, Daniel Robertson, a elaborar novos esquemas para os jardins. Robertson era um dos principais defensores do jardim tendo como base o projeto Italianate á base de arbustos em diversas formas e terraços de renascimento italianoCom a morte do Visconde as alterações aos jardins cessaram, seu filho no final de 1850, retomou as modificações utilizando uma combinação dos desenhos de Robertson e planos de paisagem de outros especialistas, os terraços foram concluídos, um grande numero de árvores de grande porte foram plantadas e foi colocado uma colecção de estatuária, ferro forjado e outros objectos decorativos.
Novas gerações do Wingfields mantiveram o fundamental dos jardins, tendo sido acrescentando o jardim japonês , o Pepper Pot Torre e a continuação da plantação de árvores de várias espécies.
Em 1961 os herdeiros passaram esta propriedade para o administração do Estado.
Os jardins foram abertas ao público e em 1974 foi uma feita uma remodelação na casa para posteriormente se abrir aos visitantes.

tags:

publicado por aviajar às 01:15
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008
Óbidos Vila Natal,Vila Museu,Vila Medieval


Este ano, tendo como mote O Quebra-Nozes uma peça do ballet clássico, que nos conta a história de uma menina que na noite de Natal, recebe um quebra-nozes em figura de soldado e com ele sonha aventuras em reinos encantados, está a decorrer em Óbidos desde 29 Novembro e prolongando-se até 4 de Janeiro, uma actividade denominada Óbidos Vila Natal , (ver programa em) http://www.obidosvilanatal.pt/.
Se for ver esta actividade, não deixe de conhecer também os seguintes locais:
· Igreja de São João Batista (antiga capela de São Vicente), fundada pela rainha Stº Isabel em 1309 e ampliada no século XVI. Actualmente está o Museu Paroquial de Óbidos .

· Igreja de São Pedro edificada no século XIII-XIV, após o terramoto de 1755,foi reconstruída. Há nesta igreja um retábulo em talha dourada.


· Capela de São Martinho uma capela gótico tumular de 1331.


· Igreja da Misericórdia fundada pela rainha D. Leonor no século XVI com um espólio artístico importante.
· Antigos Paços do Concelho actualmente readaptado em Museu de Abílio Matos e Silva. Foi construído no século XVI, foi Paços do Concelho, Julgado Municipal e Cadeia. Museu Municipal em 1970.
· Igreja Santa Maria igreja matriz erigida no século XII e reconstruída no século XVI. Tem tumulo renascentista de D. João de Noronha, um retábulo de Santa Catarina de autoria de Josefa dÓbidos e está revestida a azulejos barroco.
· Solar da Praça de Santa Maria que é um Museu num edifício do século XVIII.



· Santuário do Senhor da Pedra importante construção barroca, e cruz de pedra paleo-cristã, este edifício está situado fora das muralhas da vila.



Caminhando pelas ruas de traçado medieval de Óbidos, deparamo-nos quase sempre em cada passada, vestígios de diversas civilizações.
Além da herança natural de outras épocas, Óbidos, vila milenar, hoje é um dos principais pontos de interesse de Portugal, a merecer a nossa visita nesta data ou noutra oportunidade.
Boa visita.


tags:

publicado por aviajar às 18:00
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008
Cartão Boas Festas



publicado por aviajar às 15:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Dezembro de 2008
Castelo de Kronborg no reino da Dinamarca
Post sobre Património Mundial
O castelo de Kronborg está situado na cidade de Helsingor, no ponto mais apertado de Oresund, o estreito entre a Dinamarca e a Suécia. Esta zona tem quatro quilômetros de largura, daí a importância estratégica de manter um Forte nesta posição.
O castelo é um dos mais importantes do Renascimento no norte da Europa e foi colocado na Lista de Património Mundial da UNESCO em 2000.
A história do castelo começa por um Forte, Krogen, construído em 1420 pelo rei dinamarquês Eric da Pomerânia. O rei insistia ao pagamento de uma portagem a todos os navios que desejassem entrar ou sair do Báltico.
Para reforçar as suas demandas, construiu um poderoso forte para controlar o estreito do Categate. Kronborg adquiriu o nome actual, em 1585 quando foi reconstruído pelo rei Frederico II num castelo magnífico do Renascimento, único pela aparência e tamanho na Europa.
Em 1629, um momento de descuido de dois trabalhadores fez com que grande parte do castelo fosse incendiada. Somente a capela foi poupada, miraculosamente, pela força de seus arcos. O rei Cristiano IV da Dinamarca fez grandes esforços em restaurar o castelo e por volta de 1639 o exterior era outra vez magnífico, mas o interior nunca mais retomou sua glória original.

A conquista sueca de Kronborg em 1658, por Carl Gustaf Wrangel, demonstrou que o castelo estava longe de ser impenetrável.
De 1688 à 1690, uma linha de defesa avançada, chamada Crownwork, foi adicionada.
Pouco depois, uma nova série de muralhas foi construída em torno dela. Após a sua conclusão, Kronborg foi considerado o mais seguro forte em toda a Europa.
De 1739 até meados do século XIX, Kronborg foi usado como uma prisão para escravos condenados do sexo masculino que tinham sido punidos ao trabalho nas fortificações do castelo.
A importância de Kronborg enquanto castelo real diminuiu.
De 1785 a 1922, o castelo ficou sob a administração militar. Durante este período, inúmeras renovações foram terminadas.
Kronborg é também conhecido por muitos como "Helsingor," o palco para muitas representações de Hamlet, tragédia de William Shakespeare.
Hamlet foi representado no castelo pela primeira vez para assinalar o 200° aniversário da morte de Shakespeare, em que o elenco,na sua maioria, constituido de soldados da guarnição do castelo.
A peça foi representada diversas vezes no pátio e em vários locais da fortificação.
Kronborg abriga uma estátua de Ogier o Dinamarquês (Holger Danske), que, de acordo com a lenda, descansa aí até o dia em que a Dinamarca se encontrar em grande perigo, nessa altura irá levantar-se e salvar a nação.


publicado por aviajar às 18:00
link do post | comentar | favorito

Sábado, 13 de Dezembro de 2008
Norsk Folkemuseum – o Museu de História Popular
Imagine um museu onde é possível ver virtualmente toda a Noruega, num dia!
É possivel no Norsk Folkemuseum – o Museu de História
Popular, onde é mostrado a história , com a vida quotidiana e ocasiões festivas do povo norueguês.
Tem mais de 155 casas e numerosos objectos das principais regiões.
Este museu ao ar livre mostra-nos fazendas tradicionais de várias regiões com celeiros, estábulos, armazéns e residências em ma
deira, bem como casas da Cidade Velha.
O foco principal é a 17 ª casa que é do século 19, embora existam várias casas medievais e a notável Igreja de Apostas Gol, construída aproximadamente em 1200.

Durante o verão há grupos em trajes tradicionais a acolher os visitantes.
Diversas actividades são demonstradas como a cozedura de "lefse" e passeios em charretes.
São muito populares entre os jovens visitantes, que também podem experimentar os jogos tradicionais ou provar os doces na mercearia.
Em exposição permanente estão Vestuário Popular, Arte Popular, Cultura Sami e brinquedos.
O museu fica em Bygdoy (Oslo) , onde há outros museus.

tags:

publicado por aviajar às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008
''Geirangerfjord '' Um dos fiordes da Noruega
Post sobre Património Mundial
O fiorde é um vale formado pela erosão das montanhas com a acção do gelo glaciar e as àguas do mar, de modo a formar enseadas de paredes ingremes.


Os fiordes foram formados por uma sucessão de eras glaciares, que movimentaram imensas placas de gelo glaciar com o rumo ao mar,como se fossem grandes rios congelados.A sua origem remonta a 12.000 anos.


Os fiordes situam-se principalmente na costa oeste da penisula escandinava, onde são os elementos geológicoss mais salientes da paisagem.


O Geirangerfjord está localizado no condado de More og Romsdal no norte da Noruega, sobre a costa noroeste.


Tem 15 quilómetros de extensão e está incluído como Património Mundial da UNESCO. Um dos mais visitadas fiordes da Noruega. As actividades mais populares neste fiorde são a pesca, canoagem, rafting, circuitos de cavalo e esqui . Ou então experimente um cruzeiro no fiorde.


Na visita de cruzeiro é-nos contado a estória sobre as cascatas. Assim temos:


As duas cascatas mais notáveis no Geirangerfjord são "As Irmãs" que tem "Um Pretendente".


"As Irmãs" num lado do fiorde e "o Pretendente" no outro ,diz-se que está a tentar namorar "As Irmãs" no lado oposto.


"O Véu das Noivas" é uma cascata que assim se chama, porque cai delicadamente sobre a rocha e quando está iluminado pelo sol, tem a aprarência de um fino véu sobre a rocha.




Há também outros fiordes;





  1. Hardangerfjorden está situada no condado de Hordaland , na costa oeste da Noruega.tem 179 km de comprimento. É o segundo maior fiorde da Noruega e o terceiro maior do mundo. Na sua parte mais profunda tem cerca 800 metros de profundidade.


  2. Sognefjord está localizado no condado de Hordaland, na Região Hardanger, na costa oeste da Noruega, é o mais longo fiorde da Noruega e o segundo maior no mundo.


  3. Naeroyfjord é um braço doSognefjord, e fica localizado no condado de Hordaland, na Região Hardanger, na costa oeste da Noruega. tem 17 quilómetros de comprimento,cercado com montanhas de cerca 1700 metros . O Naeroyfjord e os seus arredores está na Lista do Património Mundial da UNESCO.


  4. O Nordfjord está localizada no condado de Sogn & Fjordane , sobre a costa noroeste, entre os Geirangerfjord e os Sognefjord, mede 110 quilómetros de extensão, a partir dos glaciares até ao oceano.


  5. O Lysefjord está localizada no condado de Rogaland, no sul da Noruega, na costa oeste. com 40 quilómetros de comprimento e 422 metros de profundidade, na zona mais profunda.


publicado por aviajar às 02:00
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008
Núcleo do Bordado NISA
Situado entre a Porta da vila e a praça do Município, fica o Núcleo do Bordado, enquadrado no Centro de Promoção Transfronteiriço de Artesanato e Produtos Tradicionais, criado no âmbito da parceria Activartes, constituído pelos Municípios de Vila Velha de Ródão, Nisa e Deputacion de Badajoz.



Rendas e Bordados

Como nos foi explicado pela funcionária Ana (atenciosa e competente), as raparigas antigamente começavam muito jovens a preparar o enxoval e as peças bordadas tinham duas funções: uma para uso próprio e a outra para vender e com o dinheiro obtido na venda, era utilizado para construir casa.

Alinhavados

Bordado a branco, misto de fios contados e de crivo. Têm e a particularidade de deixar em aberto o fundo do desenho, para que são retirados da trama do pano de linho os fios necessários, sendo os restantes guarnecidos a pontos ornamentais de crivo.Só o crivo de Nisa é enrolado.


Aplicações em feltro
São os tradicionais cobertores de feltro com a faixa ao fundo, as saias da camilha e centros de mesa, é uma das mais antigas formas de bordar.


Também estão para observação, Coberjões ou Cobertores Bordados, Xailes Bordados, Rendas de Bilros.

O Núcleo do Bordado a funcionar desde 2004 num edifício adquirido pela Câmara Municipal na rua Francisco Miguéns, pretende de uma forma ligeira apresentar alguns tipos de bordados enquadrados com alguns utensílios relacionados com a produção dos mesmos e a apresentação de algumas peças no seu “habitat”, ou seja no quarto e uma cozinha tradicional, composta de variadíssimos utensílios.


tags:

publicado por aviajar às 01:05
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Douro Vinhateiro em Video

Alto Douro Vinhateiro

Lagar de Varas em Idanha...

Weimar cidade de Goethe,S...

Praias Fluviais das Aldei...

Montemor o Velho - O Cast...

Trier (revisitada) a cida...

Trier (revisitada) a cida...

Trier (revisitada)a mais ...

Trier (revisitada) a mais...

arquivos

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds